Arquivos Mensal: março 2018

destaque-desembargador-j-batista

Desembargador João Batista Martins, que decidiu favoravelmente à cobrança de Imposto Sindical, visita sede da FESESP.

O Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª região - Campinas, Dr. João Batista Martins foi recebido pelo Presidente da FESESP, Dr. José Luiz Fernandes e pelos diretores Edwaldo Sarmento e Mario Frassati no último dia 19/03 em sua sede na capital paulista. Apresentou projeto de inclusão social através da contratação de menores aprendizes…

Veja mais
destaque-sustentabilidade-CEETD

FESESP apoia projeto de Sustentabilidade do CEETD (Secretaria Trabalho e Emprego Governo de SP).

Conselheiro da FESESP, Sr. Sarmento, representa a bancada patronal na Comissão Emprego e Trabalho Decente do governo estadual. Neste ultimo dia 20, esteve reunido com lideranças do Grupo (CEETD) na sede do Movimento dos Moradores em condição de rua da cidade de São Paulo. A finalidade do encontro foi propor as bases de projeto para…

Veja mais
destaque-reuniao-19-03-18

Diretoria Plena da FESESP reúne-se para avaliar efeitos da Reforma Trabalhista.

Nesta última quarta, dia 14, presidentes e diretores dos principais sindicatos paulistas do setor de Serviços participaram de concorrida reunião na sede da FESESP para avaliar os impactos, repercussões e efeitos da aplicação da Reforma, nos quatro primeiros meses em vigor da Lei 13.467. O debate de ideias e apresentação de propostas foram altamente produtivos.…

Veja mais
destaque-angelo-coelho

Presidente do SINDIFUPI, Ângelo Coelho, apresentou histórico de irregularidades em CPI das Seguradoras na Assembleia Legislativa (RS).

A CPI das Seguradoras Irregulares da Assembleia Legislativa gaúcha iniciou processo de investigação de práticas lesivas ao consumidor que seriam executadas por seguradoras desde o momento da efetivação do contrato, passando pela cobertura de sinistro, até a venda dos objetos sinistrados. Quatro são os pontos de destaque dos trabalhos: •Fomento à criminalidade através da venda…

Veja mais