Histórico

Com a evolução tecnológica e as profundas mudanças que estão ocorrendo na organização social, o setor de serviços deve ocupar, cada vez mais, um lugar de destaque na economia, tornando-se um dos principais itens de entrada de recursos na balança comercial. A tendência mundial é a expansão do setor de serviços, para onde deve migrar grande parte da mão-de-obra substituída pela informatização.

Toda essa transformação exige um olhar atento sobre os interesses e problemas do setor. Nesse sentido, alguns sindicatos que já mantinham um contato estreito para discussão de problemas comuns, tomaram a iniciativa de criar uma entidade de nível estadual para que o setor de serviços fosse melhor representado.

Liderada pelo Seprosp e Sesvesp, tendo à frente seus presidentes, Luigi Nese e José Luis Nogueira Fernandes, a iniciativa ganhou forma com o apoio do Sindeprestem, Sindverde, Selur, Sincor e Sindiprom.

Inauguração

No dia 14 de março de 1995, numa memorável assembléia, criou-se a FESESP – Federação de Serviços do Estado de São Paulo. Constituiu-se a primeira diretoria provisória.

A sede definitiva da entidade foi instalada no dia 1o. de maio na Av. 9 de Julho, 5229 – 10o. andar, em São Paulo, sendo que no dia 31 de maio foi apresentada a todos os associados.

Cenário de Atuação

A FESESP, criada para ampliar o espaço de discussão de questões específicas do setor e sua representatividade junto aos orgãos governamentais, tem participado ativamente da Câmara Setorial de Serviços terceirizáveis, do Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo, defendendo, basicamente, a melhoria da qualidade dos serviços, o desenvolvimento da tecnologia e a redução dos encargos tributários sobre as empresas do setor.

CAPA EVENTO-gestao